Postagem Observatório

Protesto político em Moscou tem mais de 500 pessoas detidas

Data da publicação:

Mais de 500 pessoas que participaram hoje (27), em Moscou, de uma manifestação não autorizada da oposição russa contra a exclusão de candidatos nas eleições de 8 setembro foram detidas pela polícia.

O número de detidos foi divulgado por uma Organização Não Governamental (ONG) que contabilizou mais de 560 detenções em pouco mais de três horas.

A manifestação foi convocada pela oposição extraparlamentar para exigir o registro de seus candidatos às eleições municipais de setembro, tendo a polícia advertido na sexta-feira que pretendia utilizar todos os meios para impedir o protesto.

A polícia de choque criou uma barreira de defesa para impedir que os manifestantes se aproximassem da prefeitura, localizada na avenida Tverskaya, na zona central de Moscou.

Devido ao forte aparto policial o acesso à zona onde decorre a manifestação também foi cortado para evitar que mais pessoas se juntem a este protesto.

A comissão eleitoral recusou o registro de 57 candidatos, onde se incluem alguns dos principais dirigentes da oposição, que acusa as autoridades de manipular milhares de assinaturas recolhidas nas últimas semanas pelos candidatos e transcrevê-las incorretamente no registro eletrônico.

Por RTP (emissora pública de televisão de Portugal)