Postagem Observatório

Premiê britânico não consegue aprovar moção para eleições antecipadas

Data da publicação:

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, não conseguiu obter os dois terços necessários para aprovar uma moção convocando eleições gerais antecipadas em 15 de outubro.

Nessa quarta-feira (4), os legisladores da Câmara dos Comuns votaram a moção proposta por Johnson. O resultado foi 298 votos a favor e 56 contra. A moção necessitava de 434 votos para ser aprovada, ou seja, dois terços dos 650 legisladores da Câmara dos Comuns. Muitos deles se abstiveram.

Por NHK*