Postagem Observatório

Organizadores cancelam manifestações em Hong Kong

Data da publicação:

Em Hong Kong, os organizadores estão cancelando os atos de protesto programados para sábado em meio às crescentes tensões e receios de violência.

Nestes últimos dias, vários ativistas pró-democracia proeminentes foram presos, além de outros organizadores terem sofrido ataques.

Meses de manifestações desencadearam a ocorrência de atos de violência e conflitos entre policiais e manifestantes.

Citando preocupações com a segurança, a polícia não autorizou a marcha planejada para sábado, e rejeitou um apelo a essa decisão por parte dos organizadores dos protestos.

A mídia local também está reportando que alguns ativistas por trás das manifestações planejadas foram feridos em uma série de ataques.

Joshua Wong foi preso hoje (30) de manhã enquanto se dirigia para uma estação do metrô, de acordo com uma declaração do Demosisto, um grupo político do qual ele é cofundador.

Wong era um personagem central do Movimento dos Guarda-Chuvas, que desencadeou uma série de intensos protestos em 2014. Esse movimento pedia por uma eleição democrática do chefe do Executivo de Hong Kong. Em junho, Wong foi libertado após ter passado cerca de cinco semanas na prisão por desacato à corte.

Por NHK (Conglomerado de mídia pública do Japão)