Postagem Observatório

Índice de reprovação de Sebastián Piñera, presidente do Chile, chega a 78%

Data da publicação:

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, alcançou o menor índice de aprovação desde o retorno da democracia no país. Com apenas 12% de apoio, seus pacotes de medidas sociais e a proposta de uma mudança na Constituição não foram suficientes para deter a onda de violência, que persiste desde o dia 18 de outubro.

Hoje (26) há manifestações e barricadas em Santiago, Valparaíso e Concepción, além da convocação de uma nova greve geral.

Também hoje (26), Piñera assinou um projeto de lei que permite que efetivos das Forças Armadas sejam deslocados para resguardar infraestruturas de serviços básicos sem que seja necessário decretar Estado de Exceção.

Por Marieta Cazarré - Repórter da Agência Brasil