Postagem Observatório
Sileno Cezar Guimarães
Ver conteúdo desse autor

ERRATA

Data da publicação:

Peço desculpas aos prezados leitores do Diário do Observador pela imprecisão relativa ao ranking do PIB, mencionado em meu último artigo de opinião sobre o êxito das manifestações do dia 17, domingo, ocasionado pela leitura imprecisa de uma matéria da BBC que nos colocava em uma expectativa de sexto lugar, dentre outras, pela alta das commodities nacionais. Porém, ainda não alcançamos esta posição.

Entretanto, mencionado no parágrafo abaixo, que os números do governo Bolsonaro, sobrevivendo à resistência ao seu governo (essa era nossa intenção) , como podemos aferir pelas informações colhidas do artigo, com o qual compartilho a opinião, do deputado federal Marco Feliciano.

"as contas públicas fecharam julho com déficit de R$ 6 bilhões, o resultado é o melhor para o mês desde julho de 2014. A taxa básica de juros da economia, a taxa Selic, caiu para 6% ao ano, a menor desde 1986. A taxa de desemprego caiu para 12%, a menor dos últimos cinco anos. Em julho, foram criadas 43 mil vagas de emprego formal. O PIB teve crescimento de 0,4% no segundo trimestre em relação aos três meses anteriores" ...

"Assassinatos caíram 22%, a menor taxa dos últimos seis meses. O turismo cresceu 12,7% só no primeiro semestre. O país criou 408 mil empregos no primeiro semestre, o melhor resultado dos últimos cinco anos."

Obrigado pela atenção.

https://pleno.news/opiniao/marco-feliciano/numeros-mostram-a-prosperidade-do-governo-bolsonaro.html