©2020 por Diário do Observador.

China: O que está acontecendo?

Atualizado: Fev 13

Por Junia Turra, jornalista.

Expert (o Chinês que fala no vídeo e que não quer ser identificado está em Wujan onde cerca de 280 mil pessoas estão infectadas.):"os políticos não avisaram o povo.

Eles foram para uma ilha e deixaram a população isolada.

Os hospitais são caóticos e não podem ajudar, não há remédios.

"Muitas pessoas simplesmente morrem. Ninguém nos ajuda. Nós não podemos sair. Minha geração não é estúpida, queremos outra vida, outro governo. Mas não temos poder, eles têm as armas. Chineses fora da China, por favor, compartilhem este vídeo. Foi muito difícil e perigoso fazer esse upload"

WUJAN MANTEM LABORATÓRIO DE GUERRA BIOLÓGICA

O Coronavírus está se espalhando na China.

Dizem que surgiu de um mercado de peixe em Wuhan. Um agente de inteligência israelense agora suspeita que o vírus possa ter escapado de um laboratório de armas biológicas.

..........

A doença pulmonar que atualmente afeta a China e a disseminação dela pode ter suas origens em um laboratório em Wuhan, de acordo com um especialista israelense em guerra biológica.

..........

Wuhan é a sede do Instituto de Virologia Wuhan , que estudou o Coronavírus no passado, incluindo SARS , o vírus influenza H5N1 (gripe aviária), encefalite japonesa (inflamação cerebral infecciosa) e dengue. Os pesquisadores do instituto também examinaram as bactérias que causam o antraz (antraz).

O ex-oficial de inteligência militar israelense Dany Shoham, que estudou a guerra biológica chinesa, disse que o instituto está vinculado ao programa secreto de armas biológicas de Pequim.

Outros institutos ligados ao Wuhan provavelmente pesquisaram ou desenvolveram armas biológicas chinesas, ou pelo menos trabalharam com elas, mas não como a principal instalação da divisão chinesa de armas biológicas ”, afirmou Shoham ao Washington Times .

Segundo o ex-oficial da inteligência militar israelense , a cooperação entre a pesquisa civil-militar ocorre em segredo e é "definitivamente escondida". Em um artigo publicado em julho passado no Instituto de Pesquisa e Análise de Defesa Nacional, Shoham disse que o Instituto Wuhan é um dos quatro laboratórios chineses que desenvolvem certos aspectos de armas biológicas.

..........

No entanto, o laboratório Wuhan é o único local declarado na China que trabalha com vírus letais.

O Laboratório Nacional de Biossegurança do Instituto Wuhan (laboratório P4), lida com a pesquisa de vírus da febre SARS, Ebola, Nipah e Crimeia no Congo . É o primeiro laboratório da China com um nível de proteção biológica BSL-4.

"Os vírus corona (especialmente SARS) foram testados no instituto e podem ser mantidos lá", disse Shoham.

Ele também disse que a SARS era geralmente incluída no programa do Partido Comunista Chinês (PCC) sobre armas biológicas e processada em várias instalações relacionadas. Não está claro se vários coronavírus deste instituto foram especificamente adicionados ao programa de armas biológicas, mas é muito provável.

TRANSMISSÃO POR MACACOS?

O consultor de biossegurança Tim Trevan, de Maryland, já expressou preocupação na revista Nature em 2017 de que a cultura (em sigilo) criada sob o sistema do PCCh tornaria o Instituto (Wuhan) inseguro. É importante que todos possam falar livremente e publicar informações, mas o PCCh não permite e evita isso.

O laboratório em Wuhan também realiza experimentos com animais. No entanto, as leis de pesquisa animal na China são muito mais relaxadas em comparação com os países ocidentais. Trevor está preocupado com isso.

Por exemplo, para estudar o comportamento do novo coronavírus (2019-nCov) e desenvolver tratamentos e vacinas, é necessário que os macacos da pesquisa sejam infectados com esses vírus antes de serem testados. No entanto, os macacos são imprevisíveis e apenas um contato mínimo pode levar à transmissão aos seres humanos. Um arranhão ou mordida seria suficiente.

NÃO É SÓ O CORONA VÍRUS

Vírus da SARS "escapou" várias vezes.

O artigo também revelou que o vírus da SARS "escapou" várias vezes de um laboratório em Pequim.

O laboratório Wuhan P4 fica a cerca de 32 quilómetros da "South China Seafood Market" - o suposto local do surto do vírus - e que foi fechado.

O Coronavírus se espalhou rapidamente desde o primeiro caso, no final de dezembro de 2019. Especialistas estimam que o número de pessoas infectadas e doentes seja maior que o número informado pelas autoridades chinesas.

MAIS DE 27O MIL PESSOAS INFECTADAS EM WUHAN

O reitor da Faculdade de Medicina da Universidade de Hong Kong, Gabriel M. Leung , falou hoje que calcula-se 44.000 pessoas infectadas e cerca de 25.000 pessoas com grande probabilidade de desenvolver a doença. Os dados se referiam a um modelo matemático na data-chave do último sábado, 25 de janeiro.

Um novo estudo de pesquisa sobre "medRxiv", o arquivo med fundado pelo Cold Spring Harbor Laboratory (CSHL), da Universidade de Yale e British Medical Journal, também se preocupa com a previsão epidêmica do novo vírus de corona "2019-nCoV". Os informes bioestatísticos dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha usam modelos diferentes para seus cálculos. Eles chegaram à conclusão de que, até 4 de fevereiro, entre 132.751 e 273.649 pessoas em Wuhan poderiam ser infectadas.

Casos já foram identificados na Alemanha, Áustria e suspeitos no Reino Unido e em passageiros em trânsito com vôos para os USA e América do Sul.

A doença pulmonar dissemina-se de forma silenciosa e exige internação imediata. É transmissível pela pele, olho, nariz....

A proporção da contaminação é rápida!

Uma reedicão aprimorada da"febre espanhola" que matou milhares de pessoas no início do século passado.

https://www.epochtimes.de/china/experte-von-coronavirus-betroffenes-wuhan-beherbergt-labor-fuer-biologische-kriegsfuehrung-a3136910.html?fb=1&fbclid=IwAR1uWYGgUguCFWomQMmgPJcBJrQrKV6vgOHElqu2ykH8i2MV04u376Yenv0


#CoronaVirus #China #Crise #Pandemia #ArmaBiologica

81 visualizações