Postagem Observatório

Bolsonaro acredita que quadro político na Argentina pode ser revertido

Data da publicação:

O presidente Jair Bolsonaro pediu hoje (21) a empresários brasileiros o apoio à reeleição do presidente argentino Mauricio Macri. Durante sua participação no Congresso Aço Brasil 2019, em Brasília, Bolsonaro mostrou preocupação com a eleição do candidato da oposição, Alberto Fernández.

"Só o fato de as primárias terem dado margem grande para a oposição, o mercado já reagiu imediatamente [com queda da bolsa argentina e aumento do dólar]. Mas acho que pode ser revertida essa questão da Argentina e todos os senhores aqui que puderem colaborar... Não estamos apoiando o Macri, nós queremos que aquela velha esquerda não volte ao poder e, se o caminho for apoiar o Macri, que seja, como eu tenho discretamente feito e apelado a todos", disse Bolsonaro.

Nas eleições primárias, realizadas em 11 de agosto, Fernández, que tem como vice a ex-presidente Cristina Kirchner, recebeu 47% dos votos. O atual presidente, Mauricio Macri, ficou com 32%.

A preocupação do presidente brasileiro é que, caso seja eleito, Fernández apresente resistência à abertura econômica do Mercosul e ao recente acordo que o bloco fez com a União Europeia. "Se tiver que rever [o Mercosul e o acordo], nós tomaremos a inciativa e vamos partir para o bilateralismo, esse é o melhor caminho", afirmou Bolsonaro. "Ele [Alberto Fernández] falou que não quer se afastar de aproximação econômica conosco na questão econômica. Tudo bem, na economia podemos caminhar juntos, agora na questão política jamais. Se desviar do foco de defender democracia e liberdade, vamos tomar uma posição política também", completou.

Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil