Escritor

A tragédia anunciada do Pisa na educação brasileira

Data da publicação:

Ontem, tanto a imprensa como as redes sociais acabaram se debruçando sobre um tema que, de maneira recorrente, tem assombrado a educação brasileira nos últimos anos: o desempenho ruim do país nos testes do Pisa (Programme for International Student Assessment, em inglês, ou Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, em português), relativos ao ano de 2018.

A carne de hoje é o leite de 2016?

Data da publicação:

Quem foi ao supermercado - ou, para quem ainda não foi, acompanhou o noticiário - nos últimos dias deve estar incomodado com a forte escalada dos preços da carne bovina (algo que mencionei em meu último artigo) nas gôndolas.

Intervir ou não intervir, eis a questão

Data da publicação:

Tais casos são apenas alguns dos exemplos de um dilema que, na economia, seria comparável a uma das mais famosas – e filosoficamente profundas – da literatura mundial.

Guedes, AI-5, “baits” e os comentaristas de manchete

Data da publicação:

Não vou negar que o governo Bolsonaro se envolveu em diversas polêmicas, muitas delas desnecessárias: seja envolvendo o próprio presidente, seus filhos ou seus ministros, sobretudo os do “núcleo duro” ideológico.

Como a grande imprensa perde (o que resta de) sua credibilidade em três atos

Data da publicação:

Que a credibilidade da grande imprensa não está em seus melhores dias, isso não é nenhuma novidade. Não menos novidade é o deserto que esta atravessa em função da disrupção promovida pelas novas tecnologias e as redes sociais.

Quando a grande imprensa erra mesmo tendo (fundo de) razão

Data da publicação:

Não é novidade que a grande imprensa, em seus diferentes setores, tem se mostrado exímia em produzir análises estapafúrdias sobre os fatos - bem como se posicionar diante deles-nos últimos anos. O problema é quando essa, até quando está com alguma razão, consegue se posicionar da pior forma e pelo pior motivo possível.

O que Chile e Argentina têm a alertar para o Brasil (Parte 3 – As lições e os alertas)

Data da publicação:

Hoje, no terceiro e último texto da série, irei apresentar algumas das lições – e dos alertas – que ambos os países nos dão, sobretudo acerca de como o governo Jair Bolsonaro deve se conduzir em sua agenda de reformas. Sem mais delongas, vamos aos pontos.

Cada um é tentado segundo sua própria cobiça

Data da publicação:

Há quase dois milênios, Tiago, um autor de um dos livros da Bíblia Sagrada e tradicionalmente reconhecido como um dos pioneiros dos primeiros anos do Cristianismo, escreveu a frase que, a meu ver, descreve com precisão a relação do ser humano com o que chamamos de pecado: “[...] cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz”.

Augusto Nunes agiu certo? Não. Glenn Greenwald é um coitadinho? Também não

Data da publicação:

Semana passada, as mídias sociais, que nos últimos anos estão com os nervos à flor da pele por conta do clima de extrema polarização política dos últimos anos, entraram em polvorosa.

O que Chile e Argentina têm a alertar para o Brasil (Parte 2 – Argentina)

Data da publicação:

Nesta segunda parte, irei me delongar sobre os desdobramentos políticos, econômicos e sociais ocorridos nos últimos anos na Argentina, país vizinho ao Chile, nosso vizinho e principal parceiro comercial no Mercosul.

O que Chile e Argentina têm a alertar para o Brasil (Parte 1 - Chile)

Data da publicação:

Nas últimas semanas, alguns países da América do Sul entraram em um agudo transe. Outros, por sua vez, já passam por uma situação mais crônica. Em ambos os casos, isso mergulha a região em um quadro de riscos e incertezas a serem avaliados. E claro, é preciso pensar nos efeitos dessa situação caótica para o Brasil, sobretudo na repetição desse cenário por aqui, ainda no começo do governo de Jair.

O fim do começo do governo Bolsonaro chegou. E agora?

Data da publicação:

No entanto, a Reforma da Previdência, apesar de necessária, não é suficiente, mesmo sob o prisma do equilíbrio fiscal. Há a necessidade de outras reformas estruturais, como o próprio presidente apontou: a reforma administrativa e a reforma tributária, além da revisão do pacto federativo, sendo que a proposta desta já está prevista para ser encaminhada na próxima semana.

Acabar com a “polarização” a todo custo é deletério à democracia

Data da publicação:

Nos últimos anos, uma narrativa vem se tornando comum no debate político, não só aqui no Brasil, mas também no mundo ocidental: o de que vivemos em uma sociedade cada vez mais polarizada. Mais ainda: trata-se de uma polarização crescente e que traz riscos crescentes à democracia, uma vez que os diferentes campos do espectro político possuem diferenças cada vez maiores e inconciliáveis.

Palpitômetro da Economia - Rodada 20

Data da publicação:

Nesta semana, fatos no cenário interno e externo (este último envolvendo diretamente o Brasil) movimentaram ou prometem movimentar a economia e os mercados brasileiros nos próximos dias, semanas e até mesmo meses.

A geração do “tudo pronto”

Data da publicação:

Tamanha praticidade que a tecnologia nos traz, somada ao modo de vida urbano - veja bem, não me oponho a nenhuma das duas coisas, só para deixar claro - a despeito de seus benefícios, tem trazido um efeito colateral cada vez mais evidente: a alienação da realidade em relação àquilo que nos permite viver como vivemos. E isso, claro, nos leva a “polêmicas” que deveriam ser consideradas desnecessária

Ideias que envelhecem mal

Data da publicação:

Que a Argentina, nosso vizinho e principal parceiro comercial no Mercosul, está mal das pernas, isso não é novidade. Que o Macri, visto como a “esperança liberal” após mais de uma década de kirchnerismo no poder, resolveu apelar para uma ferramenta típica destes - o controle de preços -, também.

Palpitômetro da Economia - Rodada 19

Data da publicação:

Nesta semana, foi o cenário interno que acabou dominando o noticiário político-econômico, sendo que o principal assunto foi o primeiro turno da votação da Reforma da Previdência no Senado.

A Previdência é o fim do começo do governo Bolsonaro

Data da publicação:

Ontem, quarta-feira, se encerrou o primeiro turno - ou melhor, “round” - da votação da Reforma da Previdência no Senado. Com uma boa e uma má notícia: a boa é que o texto-base desta foi aprovado com 56 votos, com uma margem de sete votos acima dos necessários para a passagem (muito embora esta poderia ter sido melhor).

Palpitômetro da Economia - Rodada 18

Data da publicação:

Nesta semana, a despeito da menor movimentação em relação a anterior, alguns fatos no cenário nacional e internacional merecem nota, sobretudo pelos possíveis desdobramentos nas próximas semanas ou meses.

Populismo e messianismo não são ruins, desde que pelas causas “certas”

Data da publicação:

Essa postura de veneração à nova “profetisa” do ambientalismo estava, até então, mais ou menos velada. E de fato, estava. Não está mais.

Gaia é nossa deusa, e Greta, a sua profetisa

Data da publicação:

As religiões possuem uma história que se confundem com a própria história da humanidade. Além de meio para (tentar) dar significado à vida, também são úteis para dar alguma coesão às sociedades, desde a Antiguidade até aos dias atuais.

Palpitômetro da Economia - Rodada 17

Data da publicação:

Nesta última semana, alguns fatos causaram movimentações no cenário econômico nacional e internacional, cujos possíveis desdobramentos - ainda em curso - devemos ficar atentos.

A arte de opinar sem ler

Data da publicação:

Maquiavel dizia que se descobria quem realmente era um homem dando poder a ele. E o pouco poder dado a Felipe Neto mostrou quem ele é: um inconsequente e irresponsável como formador de opinião.

Resultado das eleições israelenses deveria servir de alerta a Bolsonaro

Data da publicação:

Ontem, como todos sabem, ocorreram eleições legislativas em Israel, a segunda deste ano, após o fracasso de Benjamin Netanyahu, atual premiê do país, em formar governo na esteira da apertada vitória de seu partido – o Likud – no pleito de abril sobre a coligação Azul e Branco, liderada por Benny Gantz e Yair Lapid.

A queda de Cintra: um exorcismo contra a nova CPMF

Data da publicação:

Na esteira das discussões que rondam as propostas da tão necessária Reforma Tributária, um fantasma assombra - ou melhor, assombrava - nos corredores do Planalto e do Congresso Nacional: a criação de um tributo aos moldes da extinta (e famigerada) CPMF.

O 11 de Setembro e as apoteoses do mal

Data da publicação:

O 11 de Setembro foi a apoteose do mal que deu início, de fato, ao século XXI. Uma nova forma de guerra surgiu, acompanhada de um período incerto e instável tanto na economia como na política.

Pesquisas de opinião: apreciem com moderação

Data da publicação:

As pesquisas de opinião, há algum tempo, têm sido objeto de discussão e de questionamento na imprensa e nas redes sociais.

Palpitômetro da Economia: Rodada 16

Data da publicação:

Toda sexta-feira, um prognóstico de como fecharão os principais indicadores econômicos em 2019. Aviso: o uso dessas previsões para qualquer tomada de decisão é por conta e risco do leitor.

Por que o teto de gastos deveria ser flexibilizado

Data da publicação:

A discussão sobre a flexibilização do teto de gastos tem que ver com uma premissa implícita de sua aprovação, que era a Reforma da Previdência em vigor para já. Mas esta ainda não veio. E não se pode chegar a uma conclusão correta por uma premissa errada.

Bolsonaro, Amazônia e Datafolha: lado A e lado B

Data da publicação:

Portanto, até mesmo para avaliar os acertos e erros, tanto do governo, como dos demais agentes (políticos ou não) direta ou indiretamente envolvidos na questão amazônica, é importante que se faça uma breve análise dos resultados desta pesquisa.