Escritor

Bernardo Guimarães Ribeiro
Ver conteúdo desse autor

Sou homem e exijo respeito

Data da publicação:

Homens baianos ainda estão atônitos e perplexos com o desrespeito levado a efeito pelo estado da Bahia, por intermédio da sua Secretaria de Política para Mulheres (http://www.mulheres.ba.gov.br/), com a campanha “masculinidade tóxica”. Segundo referida campanha, evidentemente financiada com dinheiro público, a masculinidade seria algo nocivo e, portanto, tóxico, sendo a causa do machismo que prece

Bernardo Guimarães Ribeiro
Ver conteúdo desse autor

Você não pode ceder um milímetro

Data da publicação:

O politicamente correto avança a galope contra o senso comum. Se antes fincava pés em situações reais, hoje já não esconde sua sanha fantasiosa, num empreendimento dedicado à criação de narrativas ocas, que, mais tarde, de tão introjetadas, convertem-se em axiomas.

Bernardo Guimarães Ribeiro
Ver conteúdo desse autor

Palavrões, torcida e futebol: preconceito ou histeria?

Data da publicação:

O estádio de futebol sempre foi um espaço muito democrático e permissivo às manifestações popularescas mais diversas. Da indumentária exótica aos gritos, cantos, choros e palavrões, nas arquibancadas do esporte mais popular no Brasil imperava o que havia de mais rude e tosco no torcedor, ao tempo em que trazia também sua inesgotável criatividade, irreverência e espontaneidade.

Bernardo Guimarães Ribeiro
Ver conteúdo desse autor

Quanto custa um novo direito?

Data da publicação:

No Brasil, infelizmente, a falta de consciência econômica dos parlamentares, aliada à intenção de autopromoção pela adesão das pautas ditas inclusivas, tem elevado o custo de vida da população em geral.